segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

para quando...




   Para quando tivermos tempo de sentar no chaõ para brincarmos, e sermos criança por uns pequenos segundos...
   Para quando todos os sorrisos sobresairem as lagrimas, os pedidos de atençao...
   Para quando, somente uma coisa importar, o descanso, e seu acalento, suas palavras, gestos, suas pequenas maos...
    Para quando eu nao viver para o cotidiano, para os dias e o relogio que nao para eu te ver dormir... 
Para quando eu percebi que voce cresceu, ja anda, fala, corre, e consegue ficar um dia todo sem mim, e eu ainda nao consigo viajar, enfim para quando descobri que sou dependente de ver voce por perto... dependente de saber tudo, de me frustrar nao conseguir estar presente em cada momento...
Para quando eu descobri , que sou boa em algo, amar voce, falar de voce, escreve sobre voce... nao e simplesmente amor incondicional, consigo ver seus defeitos, suas manias interminaveis, pecularidades que fazem ser voce meu menino...
Para quando eu enfim entendi... que posso aprender, posso ser melhor, pois voce me faz ser melhor, me ensina simplicidade,fé e amor....
Para quando voce conseguir entender... todo o espaço que preenche na minha curta existencia...
iasminny martins