terça-feira, 22 de maio de 2012

As cores e Eu.

Naõ sei ser basica, adimito, preto no branco, definitivamente naõ é minha frase, deveriam refomular,para umas cores mas alegres, vibrantes, com calor e vida, afinal, é o que vivo repetindo, a vida, já tem gente mal amada demais para que eu me vista, e seja basica.
Fazer o que, sou assim, e me agrada, um dia desses minha irmã chega em casa e eu vou ter trocado o sofá, por um florido, bem charmoso,mas assim, sou eu, tinta na minha maõ é festa de criança.
voltando ao tema do meu texto, as cores para mim preennche, e dá vida, e trasmite o que estou sentindo, naquele instante.
Não sou exatamente a visão de mulher bonita, nem basica, isto assusta, intimida, muitos estão a procura da mulher perfeita, eu estou sempre procurando algo, para reformar, pintar,isto me entretem, descobri que sou a tipica mulherzinha, gosta de cozinhar, reiventar, eu só nao bordo, por favor, não tenho paciencia, e nem na velhice, espero nao ter
Ando fazendo descobertas sobre minha personalidade e sou assim mesma,toda colorida , E, apesar de toda impulsidade, diga-se, já fiz muitas escolhas que no fim não foram boas, errei muitas vezes, sempre transformando minha vida em partes complexas, que depois de muit mas refletir se tornam simples. Isto parte da condição do ser humano, e evoluir é preciso, dificil mesmo é esperar que os outros mude. A Vida tem a cor que a gente pinta... essa frase parece mais comigo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário