quarta-feira, 12 de setembro de 2012

Sem Endereço

 
Então você pode viver de muitas maneiras diferentes, pode ter um amor, ou pode escolher viver os amores que vierem, os amores que não te sufocam, que se vão antes do dia amanhecer, que te aquecem e te tocam pelo que é, não pelas idealizaçõe...
s do que podem ser no futuro, porque o futuro é o instante em que o abraço tem calor, e nesse calor de instante pode se encontrar o calor de toda uma vida.
Pode ser bom como tem que ser, e você pode se apaixonar, pode também não se apaixonar, pode ser marcante, e pode ser simplesmente bom, e você volte pra casa contando sorrisos ao invés de lagrimas.
E você não vai precisar esperar um telefone no dia seguinte, porque os dois não querem compromissos, os dois talvez estejam na busca pelo tal amor ideal, e pararam no meio do caminho, porque se viram, e ao se olharem, tudo que tinham em comum era atração,
Atração dessas loucas, que te arrebata, te faz bem...
E os dois se abraçam, conversam trivialidades e sorriem pela estranheza que é os dois juntos, mais de certa maneira parece certo, cada um segue seu caminho, juntam suas roupas que ficaram pela casa, dizem boa noite, e se vão ...
Continuam com a busca um tanto irreal de tal amor, talvez um dia algum dos dois se questione se poderia ela ser a tal garota, e ela se questiona, se ele poderia ser o tal garoto, mais eles não tem nada em comum.. ou será que tinham, e na busca pelo amor ideal, deixaram-se ir ...

Nenhum comentário:

Postar um comentário